top of page
Buscar

“CRIANÇA FELIZ, FUTURO DESTA NAÇÃO!”

Atualizado: 5 de mar. de 2022


Na antiguidade, no Império Romano, os Imperadores apaziguavam as mazelas do povo através da distribuição gratuita de migalhas de pão e grandes espetáculos que distraiam a população e promoviam certa pacificação. Essa prática ficou conhecida na história como "Política do Pão e Circo".


Hoje as condições gerais da população não mudaram muito. À elite todas as facilidades, mas aos pobres e incultos os dissabores e toda sorte de dificuldades. Somos uma sociedade de muitas desigualdades, com pessoas que passam por muitos desajustes e privações.


Mas é verdade que ninguém suporta uma vida de dificuldades, privação e vulnerabilidade o tempo todo. As diversões são necessárias. E muitas vezes é o laser que permite ao cidadão adquirir seu empoderamento. Vemos isso com muita clareza nas festas de carnaval.

Na avenida, durante a passagem das Escolas de Samba, essas pessoas simples e desprovidas de toda sorte material, se misturam às pessoas bem-sucedidas economicamente. E a alegria toma conta de todos.

Assim, há que distinguir o assistencialismo e o lazer daquela época romana ou de algumas práticas atuais de intenções meramente políticas, das ações sociais com objetivos de proporcionar bem estar e integração.


O processo de amadurecimento do ser humano inclui instrução e educação. Normalmente esses dois processos se confundem e se misturam de forma saudável.


É saudável brincar, distrair a mente e experimentar novos desafios. A criança, por exemplo, só se desenvolve mediante as atividades de exercício físico e mental.


Assim, a recreação infantil e atividades em grupo, com direcionamento, é parte fundamental do despertar cognitivo, da elaboração da cidadania, da saúde mental e construção de emoções equilibradas.


Conscientes desse papel educacional, os Reagentes de Transformação aproveitaram o mês das crianças e organizaram uma atividade recreativa na comunidade "Das Quatorze", em Osasco, com tripla finalidade.


• Levamos alegria e diversão às crianças. Presenciamos muitos sorrisos lindos e olhos brilhando de satisfação, e até mesmo gratidão, pela oportunidade de brincarem livremente, com brinquedos e brincadeiras direcionadas, que não fazem parte de suas rotinas, como as camas elásticas, pintura facial, esculturas em balão, ouvir estórias que ajudam à criatividade e ao sonho de uma vida mais feliz.


• Promovemos interação entres os adultos da comunidade e nosso projeto, unindo nossos objetivos na promoção de educação e cidadania. Moradores dessa comunidade se uniram na organização e infraestrutura do espaço que foi destinado a esse lazer, se organizaram de forma colaborativa no cuidado e organização com as crianças, em total sintonia com os voluntários do Reagentes e do Projeto Arco-íris, garantindo diversão e segurança. E cada atividade desses adultos teve o reconhecimento necessário. Cada morador que participou dessas atividades recebeu cupons que permitirá a troca por itens de sua escolha no bazar de Natal, que está programado para dezembro.


• Tivemos também a oportunidade de doar nosso tempo, doar recursos e trocar energias maravilhosas. Um aprendizado sem fim e de mão dupla. Cada voluntário se entregou de corpo e alma às atividades. Nos deleitamos com a alegria proporcionada às crianças. Saímos da festa mais felizes e certos de que ninguém é feliz às custas da infelicidade do outro.


Cada atividade recreativa teve um cuidado na escolha. Buscamos recursos recreativos que pudessem oferecer brincadeiras que proporcionariam coordenação motora e equilíbrio através das camas elásticas, alugadas com recursos doados pelo projeto Helping Hands somadas às doações anônimas e de nossos colaboradores, e um escorregador para crianças pequenas que ganhamos de uma linda criança que fez questão de doar seu brinquedo preferido, por que não poderia levá-lo consigo para sua próxima moradia, já que ela e sua família estão de mudança para outro Estado. Todas as brincadeiras foram separadas por faixas de idade.

Pudemos também despertar o interesse artístico por meio das pinturas faciais, fazendo a criança se sentir um super-herói, ou simplesmente uma pessoa mais bonita.

Tivemos ainda, a oportunidade de desenvolver o raciocínio e a fantasia por meio da contação de estórias e muita alegria.


Ao final todos puderam se deliciar com um lanche caprichado.


A vida nos oferece muitas oportunidades de transformar e promover a diferença neste mundo. Se cada um de nós se permitir olhar o próximo com compaixão e fraternidade, chegaremos a uma nova realidade, sem desmerecimento e sem vitimização humana.

Só chegaremos a uma sociedade feliz, se cada um de nós pensar na felicidade do próximo e não só na sua própria felicidade. É um cuidando do outro, sem egoísmo ou personalismo.



Se gostou dessa história e de nossa proposta, junte-se a nós. Siga-nos nas redes sociais e entre em contato pelo WhatsApp ou pelo ícone do site.

コメント


Blog

bottom of page